1

Dia dos Namorados: como tudo começou?

 
     Joshua Cooke, uma vez afirmou que “O amor é o sentimento dos seres imperfeitos, posto que a função do amor é levar o ser humano à perfeição”, e o Dia dos Namorados é o momento perfeito para que os casais renovem seus votos de amor. Porém faz-se necessário elucidar uma dúvida: como surgiu o Dia dos Namorados e porque no Brasil ele é comemorado no dia 12 de junho?
     A verdade é que existem diferentes versões  sobre a origem e data do Dia dos Namorados.
     É bem provável que a festa dos namorados tenha sua origem em um festejo romano: a Lupercália. Em Roma, lobos vagavam próximos às casas das vilas e com o objetivo de manter os lobos distantes, no dia 15 de fevereiro de cada ano, os romanos ofereciam um festival em honra ao deus Lupercus – o deus dos caçadores na mitologia grega. Nesse festival, era costume colocar os nomes das meninas romanas escritos em pedaços de papel, dentro de frascos, que eram sorteados pelos rapazes. A menina que tivesse seu papel escolhido pelo rapaz deveria tornar-se sua namorada durante aquele ano.
     Nos Estados Unidos e na Europa o Dia dos Namorados é comemorado no dia 14 de fevereiro e é conhecido como Valentine’s Day, em homenagem ao bispo Valentine. Em 270 a.C. O bispo Valentine descumpriu as ordens do imperador Cláudio II, que havia proibido o casamento durante as guerras,  acreditando que os solteiros eram melhores combatentes. Apesar da proibição do Imperador Valentine não só continuou celebrando casamentos como também ele próprio se casou. Quando a prática foi descoberta, Valentim foi preso e condenado à morte. Mesmo encarcerado, muitos jovens lhe enviavam flores e bilhetes dizendo que ainda acreditavam no amor. Enquanto aguardava na prisão o cumprimento da sua sentença, ele se apaixonou pela filha cega de um carcereiro e, milagrosamente, devolveu-lhe a visão. Antes da execução, Valentim escreveu uma mensagem de adeus para ela, na qual assinava como “Do seu Valentine”, foi assim que surgiu a expressão em inglês "From your Valentine". Mesmo tido como santo pelo suposto milagre, ele foi executado em 14 de fevereiro, com o tempo, o dia 14 de Fevereiro ficou marcado como a data de troca de mensagens amorosas entre namorados.
     Na Idade Média, dizia-se que o dia 14 de fevereiro era o primeiro dia de acasalamento dos pássaros, por isso, os namorados da Idade Média, usavam esta ocasião para deixar mensagens de amor na soleira da porta do (a) amado (a).
     O dia dos namorados judaico é comemorado no 15º dia do mês hebreu de Av e é celebrado como o Feriado do Amor e do Afeto, neste dia é costume dar flores de presente a quem se ama.
     No Japão existem dois dias dos namorados. O primeiro é 14 de fevereiro, quando as mulheres dão presentes e chocolates para amigos, namorados e afins, e no dia 14 de março é a vez dos homens retribuírem o presente.
     No Brasil, a origem da data é menos romântica. Alguns a atribuem a uma promoção pioneira da loja Clipper, realizada em São Paulo em 1948. Outros dizem que o Dia dos Namorados foi introduzido no Brasil, em 1950, pelo publicitário João Dória, que criou um slogan de apelo comercial que dizia "não é só com beijos que se prova o amor". A intenção de Dória era criar o equivalente brasileiro ao Valentine's Day. É provável que o dia 12 de junho tenha sido a data escolhida porque representa uma época em que o comércio de presentes é menor e por ser véspera do dia de Santo Antônio, o santo casamenteiro. A idéia funcionou tão bem para os comerciantes, que desde aquela época, o Brasil inteiro comemora anualmente a data.

Fonte: Wikipédia.

1 Comentário:

Prof. Adinalzir

Valeu, Prof. Jefferson! Passando para agradecer por me seguir no Saiba História. Estamos juntos em nome da Clio. É isso aí.
Abraços!

Postar um comentário

 
Todos os direitos reservados © Fazendo História
© Template por
Mundo Blogger